terça-feira, 23 de agosto de 2011

shut up

Silêncio
Se Você perceber e denunciar algum desmando em Paranavaí vai ser processado pelo Sr. Rogério Lorenzetti que também responde como prefeito.
O Professor Ivan Bernardo expressou nosso descontentamento com a administração, com a Faixa:" PROCURA-SE UM PREFEITO PARA PARANAVAÍ: URGENTE!". FOI  PROCESSADO.

O Vice-presidente da UCAMPAR Alcione M. de Jesus denunciou as irregularidades no P.A. FOI PROCESSADO.

o Professor Ailson denunciou o desvio de merenda do CAIC. FOI PROCESSADO

O Promotor Dr. Vilmar Fonseca acionou os "bate-ponto mas não vão trabalhar" eee...FOI PROCESSADO.

Portanto, vocês não viram nada, não ouviram nada e não sabem de nada. Ou então!!!

Porque o Dr. Vilmar está sempre na mídia?

Estamos com o Sr. Promotor.

Primeiro: Faz um trabalho exemplar. É um dos poucos que prefere orientar do que acionar.
Segundo: O que muita gente não sabe é que existem:
•Promotoria de Justiça de Defesa da Comunidade – PROCIDADÃ
•Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor – PRODECON
•Promotoria de Justiça de Defesa da Educação – PROEDUC
•Promotoria de Justiça de Defesa da Filiação – PROFIDE
•Promotoria de Justiça da Pessoa Idosa e da Pessoa com Deficiência – PRODIDE
•Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude
•Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Urbanística – PROURB
•Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde – PROSUS
•Promotoria de Justiça de Delitos de Trânsito
•Promotoria de Justiça Eleitoral
•Promotoria de Justiça de Entorpecentes
•Promotoria de Justiça de Execuções Penais
•Promotoria de Justiça da Fazenda Pública
•Promotoria de Justiça de Órfãos, Sucessões e Resíduos
•Promotoria de Justiça de Registros Públicos
•Promotoria de Justiça de Tutela das Fundações e Entidades de Interesse Social
•Promotorias de Justiça de Acidentes de Trabalho
•Promotorias de Justiça Cível
•Promotorias de Justiça Criminais
•Promotorias de Justiça Criminal da Defesa dos Usuários de Serviços de Saúde – PRÓ-VIDA
•Promotorias de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e Patrimônio Cultural do Distrito Federal – PRODEMA
•Promotorias de Justiça de Defesa da Ordem Tributária
•Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social – PRODEP
•Promotorias de Justiça de Falências e de Recuperação de Empresas
•Promotorias de Justiça de Família
•Promotorias de Justiça do Tribunal de Júri
•Promotorias de Justiça Militar
•Promotorias de Justiça das Cidades-Satélites

Tereiro: O Dr. Vilmar é da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social – PRODEP, portando está agindo dentro de suas funções.
Quarto: Para quem quiser saber um pouco sobre sua atuação,em 19/06/2011 foi divulgado no DN a manchete: Promotoria investiga 384 denúncias de irregularidades nas administrações públicas- http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:UlViaaFIovAJ:www.diariodonoroeste.com.br/novo/noticia_det.php%3Fcdnoticia%3D43879+Promotoria+de+Justi%C3%A7a+de+Defesa+do+Patrim%C3%B4nio+P%C3%BAblico+e+Social+-+Paranavai&cd=2&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br&source=www.google.com.br
Acredito que o Prefeito se equivocou. O Promotor deve ter dito sobre as consequências de um ato, e o chefe do Poder Executivo entendeu como uma ameaça.
Quando um pai diz ao filho “não faça isso que você vai se machucar” não significa que o pai irá ferir o rebento.



Tirado dos comentários do Joaquim de Paula

Pó Royal não é MAÇOM

Estamos de olho.
Pô! Royal, nós não dissemos que você é maçom. E se dissesse-mos, que motivo você teria para ficar bravo? O pessoal da maçonaria não são pessoas dignas o suficientes para serem confundidas com você?
O fato é que tanto você como a maçonaria declararam serem contra a nova legislação federal que prevê o número de 17 representantes para o legislativo de nossa cidade. E nós apenas relatamos.
Quanto ao que os Evangélicos vão pensar de você "em 2012..."

Ah!!! meu Rg é 8798278/5.http://resistenciacristaj.blogspot.com/2010/06/ex-macom-grau-33-pr-saad-fala-da.html

O Grande...

Sumaré, Piracema, Iugoslávia, Graciosa...
Nosso grande Prefeito entra com ação contra o Promotor Vilmar Fonseca. E pasmem!!!. Desta vez acusa o Promotor  de tê-lo ameaçado por telefone!!!
Quem acredita?

Vocês se lembram da Faixa"PROCURA-SE UM PREFEITO PARA PARANAVAÍ: URGENTE!"? O Professor Ivan Bernardo tambem foi indiciado pelo prefeito. Ele agora foi "vítima" do Dr.Vilmar. Por favor parem de atacar o nosso prefeito que tanto trabalha por nossa cidade. Tudo bem que tem uns buraquinhos nas ruas, desvio de merenda em escola, médicos que batem o ponto e vão pro salão de beleza, lixões no meio das ruas, compra ilegal do terreno da Mitra, 8 meses de prejuízos na ponte, queimadas no Bosque, mau cheiro no ar, "CONTO DO BOLETO PREMIADO", UFA!!! Isso cansa.

Vou ser processado por isso também. Quer apostar?

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

NÃO ENTENDI

"A PAZ DO SENHOR..."

O VEREADOR  PÓ ROYAL FEZ UM GRANDE ESFORÇO PARA SE APROXIMAR DOS EVANGÉLICOS DE PARANAVAÍ MAS AGORA A COISA FICOU ESTRANHA. OS EVANGÉLICOS NÃO COMUNGAM COM OS IDEAIS MAÇOM E O VEREADOR VEM FAZENDO A DEFESA DO MESMO POSICIONAMENTO DA SOCIEDADE SECRETA NO TANGE A QUESTÃO DO NÚMERO DE VEREADORES. ELES QUEREM DEZ VEREADORES.

SERÁ QUE OS IRMÃOS VÃO ENTENDER ?

ACHO QUE VAI DA BODE.  

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

domingo, 7 de agosto de 2011

ACIAP sob suspeita ?

A campanha da ACIAP não tem consistência, pois várias Associações Comerciais estão votando nas mesmas enquetes. Esta campanha para reduzir o número de vereadores, na verdade é uma corrente das Associações Comerciais. Não estão nem ai para a opinião do povo, pois o resultado são eles que fazem. A ACIU votou aqui no blog do Joaquim de Paula e a ACIAP votou na enquete de lá de Umuarama e várias outras associações comerciais fizeram o mesmo. E solidariamente receberam votos de outras co-irmãs para "engrossar o caldo". Pela internet qualquer pessoa do mundo poderia votar e opinar sobre a quantidade de vereadores em Paranavaí. E a região está fazendo isto. Defendo a idoneidade do blog do Joaquim, pois não pode ter controle sobre isto. Recai sobre os interessados no resultado toda responsabilidade.

Carlos Henrique de Souza

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

CONCURSOS

  • O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE publicou edital para realização de Processo Seletivo Simplificado. O concurso IBGE é destinado a selecionar candidatos para contratação temporária de pessoal para a realização de pesquisas econômicas e sociodemográficas. São oferecidas 4.250 vagas para a função de Agente de Pesquisas e Mapeamento, nos 26 Estados e no Distrito Federal.
  • A Prefeitura Municipal da cidade da Lapa no estado do Paraná abriu Concurso Público para preenchimento de 88 vagas de cargos do nível Fundamental, do nível Médio e do nível Superior. Nível médio/técnico
    Auxiliar de Farmácia, Fiscal de Obras e Posturas, Operador de Computador, Técnico Agrícola, Técnico em Contabilidade, Técnico em Higiene Dental e Técnico em Radiologia.
    Nível superior

    Advogado, Cirurgião Dentista, Contador, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Civil, Fisioterapeuta, Terapeuta Ocupacional e Médico (Veterinário, Clínico Geral, Psiquiatra, Ginecologista/Obstetra, Médico Anestesista, Clínico Geral, Pediatra, Neonatologista), Professor e Professor de Educação Física. 

O PAU VAI CUMÊ...

DEDO NO OLHO NÃO VALE E NEM PUXAR CABELO
Professor Ivan Bernardo vai processar o apresentador do Canal Aberto da 101,9, o Sr. Tatinha Avelar por conta de bate-boca transmitido ao vivo pela rádio no dia 02 deste mês.
Bernardo já entrou com pedido, requerendo a cópia da censura(gravação do programa) à Emissora.
a discussão se deu por conta do desafio proposto por Tatinha em outro bate-boca: "calcula lá que eu pago" disse o apresentador em outro episódio referindo-se a dívida dos vereadores que aumentaram o próprio salário na legislatura em que ele era presidente da Câmara municipal.
O Ivan ligou para o programa para parabenizar o Promotor Vilmar, mas quando num ato- falho trocou o nome do promotor, o apresentador deu uma "tiradinha", em tão Bernardo aproveitou e passou a conta( mais de300 mil) para o Tatinha que "subiu na mesa", "ficou louco", "nas tamancas"... e aja adjetivos!!! Foram mais de cinco minutos de quebrapau ao vivo, o Dr. Marco Lucas de Lima,Comentarista do programa, abandonou o estúdio depois do "pití" do apresentador. 
Agora é só aguardar-mos as cenas dos próximos capítulos.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Josi é do Psol

O Presidente do Psol, Professor Ailson confirmou ao OSVP que a cantora Josiane Serlhost da Graciosa assinou com o Psol, é a mais nova representante Socialista do Distrito de cultura Germânica.
Certamente candidata a vereadora em 2012.

O novo luck, novas ideias.

Chaves no estilo Pó Royal
Nos últimos doze anos, não resta dúvida que a Revolução Bolivariana conseguiu atingir metas fascinantes, sobretudo no terreno da inclusão social, mas tampouco resta dúvida que se equivocou, como todas as revoluções, tal como revela o constante chamado às retificações no discurso e na ação revolucionária, feito nas últimas semanas pelo presidente Hugo Chávez.

Frente a sua enfermidade (advertiu que nos próximos dias começará a cair o cabelo por causa da quimioterapia), o mandatário lançou uma advertência geral: a Revolução deve deixar de se autosuicidar (Carlos Andrés Pérez dixit) e começar a ser vivida. Estes chamados – com certo sabor de autocrítica e de uma piscadela para intelectuais, empresários e classe média – devem ser analisados e debatidos com muita atenção pelo coletivo (não só a direção, claro) chavista.

Sempre consideramos a revolução bolivariana como um processo sui generis, desde o momento em que optou pela via pacífica e eleitoral. E por isso, quando as coisas não vão bem, quando não se cumprem as promessas de governo, a resposta popular é a perda de votos. Já ocorreram alguns sinais de alerta neste sentido.

A revolução dos indignados tem sido isso, constituindo-se no espelho onde se olham hoje os movimentos populares na Islândia, Grécia, Espanha, Portugal, em um momento histórico universal, quando transitamos pela crise do modelo capitalista. Desde a América Latina mostramos o caminho: é preciso tomar as ruas para impedir que nos deixem sem direitos.

Em seus pronunciamentos das últimas semanas. Chávez esboçou seis linhas de ação e retificação:

a) Devemos superar o modelo dirigente baseado em uma liderança ou “hiperliderança”, para que cada ministro, dirigente, funcionário, cumpra com seu trabalho. É preciso que cada um assuma suas responsabilidades, para que tudo não dependa da linha baixada por Chávez. Em uma revolução, os cargos não são para ocupar assentos e vantagens e esconder-se sem cumprir com seu trabalho e seu mandato.

É preciso terminar com o conceito de partido-máquina eleitoral. Hoje existe um inegável clientelismo no Partido Socialista Unido da Venezuela, o que tem sido uma forma de impedir o debate, a desobediência, a irreverência e a criatividade. Além disso, devem ser esclarecidos os limites da convergência cívico-militar, para assegurar que os representantes do povo sejam eleitos pelas próprias comunidades. “Não ao sectarismo, não ao grupalismo, isso mata e semeia a morte, e aqui o que queremos é a vida e um partido histórico, novo, dirigente e dirigido, aberto. Quero insistir nisso com muita força e fé no que estamos conquistando”, apontou Chávez.

b) É preciso extirpar o sectarismo. Ninguém é revolucionário por usar camisas vermelhas, nem por gastar dinheiro público em práticas onde mostram seu próprio “revolucionômetro” e desqualificam aqueles que têm uma posição não complacente, com motes de contrarrevolucionário ou agentes da CIA. Somente exercem uma censura à opinião e à força do coletivo.

Por isso, Chávez fez um chamado para pulverizar o caudilhismo interno, pois ele termina convertendo-se em células malignas para a organização. “Trata-se de velhas rêmoras do passado: o sectarismo. Temos que terminar de pulverizar o fracionalismo interno, de caudilhos, pequenos caudilhos, que pretendem manipular outros setores; quem não se sentir em condições deve ir a outros âmbitos da vida, mais além do PSUV”, expressou. Mas foi mais além, conclamando os dirigentes a fazer uma “revolução interior”.

c) Sem dúvida, uma revolução inteligente é aquela que tem bom ouvido, a que sabe processar as opiniões do coletivo. Por isso é preciso ser autocrítico desde o povo e não deixar a crítica nas mãos da oligarquia. A crítica leal não é deslealdade e é preciso terminar com os estigmatizadores de ofício, que são realmente os espanta votos e responsáveis pela falta de avanços da revolução. Chávez pediu para extirpar o dogmatismo e o sectarismo entre seus partidários, criticou o abuso com termos como “socialismo” e da cor vermelha, e propôs uma nova consigna: “Independência e pátria socialista, viveremos e venceremos”.

d) É preciso terminar com os problemas de corrupção, ineficácia e ineficiência. E, para isso, é imprescindível a formação séria de quadros gerenciais e políticos. Não se trata de apropriar-se de um orçamento, mas sim de garantir a continuidade do processo, garantir a vida da revolução.

e) Terminar com a premissa de presentear a classe média e a burguesia. O objetivo da luta pelo socialismo é ganhar a luta de classes contra a oligarquia. Uma coisa é o movimento tático, sempre e quando se tenha claro que a batalha é cultural; outra é esquecer-se dos trabalhadores e marginalizados para buscar um novo amor. O primeiro grupo social, que depois da tentativa golpista de 4 de fevereiro, viu com simpatia e entusiasmo o comandante Chávez, foi precisamente a classe média e, em especial, a intelectual, setores que foram marginalizados dos setores próximos ao poder, que foram escolhendo funcionários por seu apoio incondicional. A intelectualidade, que foi marginalizada e cooptada na Quarta República, viu em Chávez a oportunidade de realizar juntos o sonho bolivariano.

f) A consigna é abrir-se ao setor produtivo privado (pequenas e médias indústrias e empresas). Nesta larga etapa de construção, seguirão existindo formas mistas da economia e persistirão alguns traços e características do capitalismo. Chávez, intuindo a necessidade de alianças com setores da burguesa, convidou os empresários a fazer empresas mistas, a somar esforços. “Esta é uma economia na qual queremos que sigam participando junto ao Estado...Vamos construir uma aliança (...) quero que caminhemos juntos para 2021, conto com vocês”.

Chávez insistiu em que o partido se envolva diretamente na luta contra a especulação e a usura. “Acabo de aprovar a Lei Habilitante de controle de preços e preços justos. Essa tem que ser uma bandeira do partido em todas as partes junto ao povo, educando, orientando e lutando. Façamos isso. Porque o capitalismo é um metabolismo que penetra em todas as partes”, observou o chefe de Estado.

O presidente assegurou que o socialismo é um escudo ante a queda e a falência do império estadunidense, devido ao sistema capitalista que o sustenta. “É a crise do capitalismo global. Os Estados Unidos estão quebrados e, todavia, ainda há porta-vozes que viajam para lá. O império está quebrado e, neste processo, pode arrastar meio mundo; por isso é preciso se desconectar desse afundamento econômico. Por isso o socialismo, o desenvolvimento industrial, o desenvolvimento do petróleo de maneira soberana”, disse.

Vestido com uma camisa amarela, presente de sua filha, Chávez deixou uma coisa bem claro, se alguém tinha dúvida, com certa picardia: “Serei candidato nas eleições de 2012 e vou ganhá-las. Adán [seu irmão] está se preparando para a sucessão, porque veio bem barbeado”, assinalou entre risadas.

(*) Aram Aharonian é diretor da revista Question, co-fundador e ex diretor da cadeia de televisão Telesur

Tradução: Marco Aurélio Weissheimer
ver  mais http://www.cartamaior.com.br

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

E AGORA GIL????

E agora???????

Tomando Posse!!!

Adivinha quem veio para janta?
Mais uma vez a ação de uma promotoria revelou o crime de peculato na atual administração. Depois do Caso CAIC, onde uma servidora foi presa em flagrante apropriando-se de merenda escolar a Promotoria do Patrimônio Público flagrou agora uma médica que bateu o ponto mas não estava no posto para trabalhar.
Para quem não sabe o tal do peculato é o crime que alguém comete quando pega para si o que é público (de todos).
Peculato: É o fato do funcionário público que em razão do cargo, tem a posse de coisa móvel pertencente à administração pública ou sob a guarda desta (a qualquer título), e dela se apropria, ou a distrai do seu destino, em proveito próprio ou de outrem".
O artigo 312 do Código Penal tipifica o peculato como:
Crime de apropriação por parte do funcionário público, de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou privado de que tenha a posse em razão do cargo, ou desviá-lo em proveito próprio ou alheio. Além de, não tendo a posse, mas valendo-se da facilidade que lhe proporciona o cargo, subtrai-o ou concorre para que seja subtraído para si ou para alheio.
  • Três são as modalidades:
Peculato-apropriação, o funcionário público se apropria do dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular de que tem o agente a posse em razão do cargo;
Peculato-desvio, o funcionário público aplica ao objeto material destino diverso que lhe foi determinado em benefício próprio ou de outrem;
Peculato-furto, o funcionário público não tem a posse do objeto material e o subtrai, ou concorre para que outro o subtraia, em proveito próprio ou alheio, por causa da facilidade proporcionada pela posse do cargo.

Julgamento de Mubarak é suspenso até o dia 15 de agosto

Já o julgamento do ex-ministro do Interior, Habib el Adli, e de seis chefes de polícia serão retomados na quinta-feira (4).
Mubarak e seus filhos Alaa e Gamal, acusados de envolvimento na morte de manifestantes e de corrupção, se declararam inocentes no Tribunal Penal do Cairo que começou a julgá-los nesta quarta-feira (3).
"Nego completamente as acusações", declarou Mubarak, antes que seus filhos tomassem a palavra para rejeitar as acusações.
Mubarak entrou em uma maca na sala do tribunal encarregado de julgá-lo, localizado na Academia de Polícia do Cairo, em julgamento transmitido pela televisão egípcia.
Antes do ex-líder, haviam entrado no recinto o ex-ministro do Interior Habib el Adli, seguido por seus assessores e pelos dois filhos de Mubarak, Alá e Gamal, que também estão sendo julgados.
Os acusados, que podem ser condenados a pena de morte se forem considerados culpados de planejar ataques contra os participantes dos protestos, nos quais morreram mais de 850 pessoas, assistem ao julgamento dentro de uma espécie de celas.
Mubarak, pálido mas com aspecto estável, apareceu deitado na maca e vestido de branco, se mostrou tranquilo e conversou com seus filhos.
O ex-presidente se encontra junto a seus filhos, enquanto Adli e seus assessores estão em uma cela próxima, situada à direita do tribunal.
A ida de Mubarak ao tribunal despertou dúvidas até o último momento, devido a seu frágil estado de saúde.
O ex-mandatário estava internado no hospital de Sharm el-Sheikh, no Mar Vermelho, onde cumpria também detenção desde que sofreu um ataque cardíaco durante um dos interrogatórios, em 12 de abril.